Perguntas Frequentes sobre os benefícios do Omega Gold

O coração é o músculo mais importante do nosso corpo. É importante saber cuidar dele. As doenças cardíacas são uma das principais causas de morte. As atitudes preventivas são a melhor solução e devem começar desde uma idade jovem. Adote hábitos saudáveis:

  • Pratique exercício físico adaptado à sua condição;
  • Mantenha uma alimentação saudável, rica em frutos, legumes e privilegiando o consumo de peixe em relação à carne;
  • Reduza drasticamente o consumo de sal, açúcar e gorduras;
  • Controle a tensão arterial, pois valores elevados aumentam o risco de doenças cardiovasculares;
  • Controle os níveis de colesterol;
  • Durma boas horas de sono;
  • Caso seja recomendado, pode recorrer a um suplemento alimentar natural que contribua para a saúde do coração, por exemplo Omega Gold.

O Omega-3, 6 e 9 são gorduras polinsaturadas ou ácidos gordos, essenciais ao bom funcionamento do organismo, que não consegue produzir ómega -3 e 6 sozinho. Desta forma é importante que se recorra a outras fontes. Os ómegas podem ser encontrados em vários alimentos, como o salmão, a sardinha, atum, nozes, linhaça ou chia. Uma alimentação equilibrada deve incluir estas gorduras boas, pois apresentam muitos benefícios:

  • Mantêm a pele saudável;
  • Desempenham uma ação anti-inflamatória;
  • Reduzem o risco de doenças cardiovasculares (enfarte, AVC e diabetes);
  • Melhoram o desenvolvimento e funcionamento de funções do cérebro, como a memória e a concentração;
  • Reduzem os níveis de colesterol mau e triglicéridos e contribuem para o aumento do colesterol bom:
  • Melhoram o humor;
  • Aliados para a perda de peso, pois controlam o apetite;
  • Combatem os radicais livres, através da ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento.

Não. O facto de o ómega-3 ser um ácido gordo não significa que seja prejudicial e faça engordar. Existem gorduras boas e o ómega -3 é uma dessas gorduras. Um dos seus benefícios é conseguir regular o metabolismo e ajudar a controlar o apetite. Regular a saciedade é um passo fundamental para a perda de peso.

Os alimentos que funcionam como anti-inflamatórios naturais são ricos em ómega-3, vitaminas, gingerol ou carotenoide. Para se sentirem os seus efeitos, os alimentos anti-inflamatórios devem ser consumidos diariamente, 3 a 5 vezes por semana.

  • Azeite, rico em gorduras monoinsaturadas, para além de prevenir doenças cardiovasculares, reduz danos que causam inflamação nas células;
  • Peixes gordos, como o salmão, o atum, a sardinha ou a cavalinha são importantes para reduzir processos inflamatórios no organismo;
  • Tomate, rico em vitamina C, licopeno e potássio, é um aliado para prevenir vários tipos de cancro e fortalecer o sistema imunológico;
  • Vegetais verde-escuros, como os brócolos, a couve, os espinafres ou a rúcula são ricos em vitamina E, benéfica para combater processos inflamatórios;
  • Fruta, como a laranja, as framboesas, as cerejas, as maçãs entre outras, são ricos em vitaminas e minerais que combatem processos inflamatórios;
  • Chocolate amargo (no mínimo com 70% de cacau), é composto por flavonoides, catequinas e epicatequinas, que têm uma ação anti-inflamatória.

O colesterol LDL (colesterol mau) acumula-se nas paredes das artérias e, em excesso, impede a circulação do sangue, aumentando o risco de enfarte, trombose ou AVC. O excesso de colesterol mau pode advir de hábitos de vida sedentários, o que inclui uma alimentação não saudável. No entanto, existem alimentos que se revelam aliados na redução do colesterol mau;

  • Azeite;
  • Chocolate amargo;
  • Frutos secos;
  • Vegetais e fruta;
  • Alho;
  • Abacate;
  • Peixes ricos em ómega -3;
  • Canela.

Existem hábitos e atividades que podem ajudar a combater a depressão, como a prática de exercício físico, a meditação, os grupos de apoio ou a exposição à luz. Uma alimentação correta também faz parte da solução para combater a depressão. Estes alimentos podem ajudar nos sintomas depressivos.

  • Alimentos ricos em ómega -3, como o salmão ou o atum. A falta de ómega -3 pode estar associada a sintomas depressivos, transtorno bipolar e esquizofrenia;
  • Banana, rica em triptofano, que dando origem à serotonina, tem efeitos positivos na regulação do sono e melhoria do humor;
  • Cacau, rico em selénio, melhora o humor e previne o envelhecimento;
  • Castanhas, compostas por selénio, que protege as hormonas da felicidade no cérebro;
  • Soja, rica em magnésio e ómega -3. O magnésio é importante para combater o stress, reduzir o cansaço e a fadiga e fornecer energia.

O suplemento alimentar Omega Gold da Viva Melhor é a melhor opção para garantir que toma a dose diária de ácidos gordos essenciais ao seu organismo.

Omega Gold é um suplemento de origem não animal, contribui para uma taxa normal de colesterol, uma visão normal, melhora a função cerebral e promove a o bom funcionamento do coração.

Não deve exceder a dosagem recomendada (1 comprimido por dia) e não deve tomar em caso de hipersensibilidade ou alergia com qualquer de um dos constituintes da formulação. Relembramos que é importante manter um regime alimentar equilibrado e hábitos saudáveis, a par da toma de Omega Gold.

O Omega Gold não corta o efeito dos anticoncecionais. Ainda assim, recomendamos que consulte um médico ou nutricionista se tiver algumas questões relacionadas com a utilização deste produto.

Omega Gold é composto por Omegavital, que inclui óleo rico em DHA e EPA da microalga Schizochytrium, óleo de Oenothera biennis, óleo de olea europaea, Cápsula (Hidroxipropilmetilcelulose) e corante (Clorofilina Cúprica de Sódio). Dos constituintes ainda fazem parte o ómega -3, 6 e 9.